Netsaber » Biografias

JACINTHO FIGUEIRA JÚNIOR

(Apresentador)
1929-


Jacintho Figueira Júnior nasceu em 1929. Ainda menino, queria ser artista, e começou cantando música country, com um jeito todo seu, desinibido, travesso. Em 1960 descobriu seu talento de apresentador . Passou a apresentar os programas: “Câmera Indiscreta” e “Um Fato em Foco”. Dois anos depois foi contratado pela TV Cultura, para lançar o programa: “ O Homem do Sapato Branco”. O diretor e produtor do programa era o inteligente Mário Fanuchchi. Ele escolheu esse nome, para o programa do Jacintho, por achar que o malandro brasileiro, gosta de se vestir de branco, ou pelo menos, usar sapatos brancos. Além disso tinha lido que um filósofo dizia que “o homem que veste branco tem a alma pura”. O título caiu muito bem para Jacinto Figueira, que foi realmente o criador dos programas estilo “Mundocão”. Em seu programa apareciam: parentes que haviam se perdido e se procuravam, casais que brigavam no palco, além de mostrar o primeiro transplante de córnea do país, e de se posicionar abertamente contra o Esquadrão da Morte. Seu programa dava 64 pontos de IBOPE. Era realmente um acontecimento. Jacintho Figueira depois passou para a TV Bandeirantes e para a TV Globo. Depois ele colocou-se em política e foi eleito deputado estadual pelo M.D.B de São Paulo, com o maior número de votos de todo o Brasil. Em seu gabinete, na Assembléia Legislativa , atendia a cerca de 150 pessoas por dia, que, iam em busca de cadeiras de rodas, remédios, etc. Em 1968 ficou preso 20 dias, acusado de ter promovido encontros do povo, que redundaram em baderna. E aí, em 1977, Jacinto se afastou da televisão e só voltou em 1991, fazendo apenas um quadro dentro do programa: “Aqui Agora”, no S.B.T. Depois disso Jacintho Figueira teve um derrame, que deixou o lado esquerdo do seu corpo paralisado. Ainda que nunca tenha se casado, Jacinto mora com Hermongina e a filha dela, que é uma adolescente. E isso há cerca de vinte anos. Jacintho Figueira isso ninguém nega, foi o criador do estilo popular, que sempre teve vez na televisão brasileira. Ele teve então vários seguidores, mas nunca alguém conseguiu a unanimidade e o sucesso que Jacintho Figueira teve em sua carreira.
obs: Jacintho já é falecido(2006)?

Biografias Relacionadas


- Airton Rodrigues

Airton Rodrigues estava lá. Senão no primeiro dia, mas nos primeiros dias. Alto, simpático, era assessor de Assis Chateaubriand. Mas não tinha pose, pelo contrário, simples, jeitoso, sorridente, fez amizade com todo mundo. E logo se viu que era um repórter...

- Antonino Seabra

O pai de Antonino Seabra era baiano, professor. Depois foi ser Juiz de Direito. Seu nome era José Seabra. Ele se casou com Benedita, paulista, e se mudaram para Recife, Pernambuco, onde Antonino nasceu. Ele, e mais três irmãos, logo foram com os pais...

- Silvio Santos

Silvio Santos nasceu em 12 de dezembro de 1930, no bairro da Lapa, no Rio de Janeiro. Seu nome: Senor Abravanel. Seus pais: Alberto e Rebeca. Ele imigrante da Grécia, ela da Turquia. O casal teve mais cinco filhos. Classe média, o pai era proprietário...

- Maria Thereza GrÉgori

Maria Thereza Grégori Lopes Rocha é a Maria Thereza Grégori, que por muitos anos apresentou a “Revista Feminina”, na televisão brasileira. Os avós vieram da Itália, e os pais, de quem ela muito se orgulha, eram Henrique Gregori Junior e Ester Paraventi...

- MarilÚ Torres

Marilú Torres é jornalista. Em 1955, porém era bailarina, com treino de muitos anos, tanto que foi solista do grupo de Danças Clássicas de Maria Olenewa, que foi pioneira em dança clássica no Brasil. Como bailarina, Marilú participou do programa “Música...