Netsaber » Biografias

Milton Nascimento

(Compositor e cantor brasileiro)
26-10-1942, Rio de Janeiro (RJ)


Um exímio compositor e dono de uma das mais belas vozes do Brasil, Milton Nascimento é um dos destaques da música popular brasileira. Despontou nos anos de 1960, quando foi classificado no II Festival da Canção, da Rede Globo, com as músicas Travessia, Morro Velho e Maria, Minha Fé. Percorreu uma trajetória que conta hoje com 29 discos, inúmeros shows pelo Brasil e pelo mundo e parcerias com músicos como Wayne Shorter, Pat Metheny, Peter Gabriel, Gal Costa, Carlinhos Brown, Gilberto Gil e Elis Regina. Conquistou o Oscar da música popular norte-americana, o Grammy, em 1998, com o álbum Nascimento (1997). Sua música, definida por ele mesmo como world music, é um sincretimo de estilos, onde mistura jazz, blues, rock e música latina, e temas, como sua terra, Minas Gerais, a negritude e o cristianismo. Carioca de nascimento, filho de uma empregada doméstica, foi adotado e mudou-se, com 1 ano, para Três Pontas. Suas primeiras notas musicais foram tiradas de um acordeão, que ganhou de aniversário. Vieram depois o violão e o piano. Adolescente, ao mesmo tempo que trabalhava como disk-jockey, locutor e diretor na Rádio Três Pontas, formou o conjunto Luar de Prata, que contava com a presença do maestro Wagner Tiso. Nos anos de 1963 e 1964, cantando nas madrugadas como crooner, surgiu o grupo W's Boys, formado por Tiso e seus irmãos: Waltinho, Wilson e Wanderley. Em Belo Horizonte, para onde se mudou em 1963, para prestar o vestibular para Economia, tocando com a banda Berimbau Trio, ainda com Tiso, tornou-se amigo de Lô Borges e de Beto Guedes e dos poetas Márcio Borges e Fernando Brant, que marcariam o início dos anos de 1970 com o exuberante Clube da Esquina. Mudando-se para São Paulo, em 1966, conheceu Elis Regina, que gravou sua primeira música, Canção do Sal. Em 1967, foi a vez do Festival da Canção, quando ganhou o prêmio de melhor intérprete por Travessia (parceria com Fernando Brant). A seguir, excursionou pelos Estados Unidos, onde gravou Courage (1968). Ao voltar, lançou o álbum duplo Clube da Esquina (1972) e um de seus maiores sucessos nacionais: Milagre dos Peixes (1974), um disco com orquestra. Seguiram-se, entre outros, Native Dancer (1975), Minas (1975), Geraes (1976), Clube da Esquina nº 2 (1978), Yauaretê (1990), Txai (1990), Ângelus (1993), Amigos (1995) e Crooner (1999).

Biografias Relacionadas


- Elis Regina

Lá se vão vinte anos que uma das vozes mais marcantes da música brasileira nos deixou. Mais tempo do que ela passou, enquanto viva, encantando nossos ouvidos. Elis era uma verdadeira intérprete. Nem é preciso assistir sua imagem e toda a expressão...

- Alceu Valença

Cantor e compositor, nasceu no município de São Bento do Una, a 01 de julho de 1946. Filho de político (seu pai foi deputado estadual e prefeito da cidade), aos dez anos de idade mudou-se para o Recife. Mas, foi em Riachão que teve seus primeiros contatos...

- Zuza Homem De Mello

Zuza Homem de Mello, paulistano (1933), estudou musicologia na Juilliard School of Music de New York, tendo se iniciado como jornalista em 1956, quando assinava uma coluna de Jazz para o jornal A Folha de São Paulo.. Nos anos 50, foi contrabaixista profissional,...

- João Gilberto

"Se você disser que eu desafino, amor / Saiba que isso em mim provoca imensa dor / Só privilegiados têm ouvido igual ao seu / Eu possuo apenas o que Deus me deu / Se você insiste em classificar / Meu comportamento de antimusical / Eu, mesmo mentindo,...

- Adriana Calcanhotto

Desde seu nascimento, em 03 de outubro de 1965, Adriana Calcanhotto ouve música de qualidade. Seu pai era baterista de uma banda de jazz e bossa nova, e sua mãe, bailarina. O repertório de músicas ouvidas em sua infância era banhado de Astor Piazzola...