Netsaber » Biografias

Fernando Magalhães

(Médico, professor e orador)
1878-1944


Fernando Magalhães (F. Augusto Ribeiro M.), médico, professor e orador, nasceu no Rio de Janeiro, RJ, em 18 de fevereiro de 1878, e faleceu na mesma cidade em 10 de janeiro de 1944. Eleito em 22 de julho de 1926 para a Cadeira n. 33, na sucessão de Domício da Gama, foi recebido em 8 de setembro de 1926, pelo acadêmico Medeiros e Albuquerque.
Era filho de Antônio Joaquim Ribeiro de Magalhães e de Deolinda Magalhães. Depois de se bacharelar em ciências e letras pelo Colégio Pedro II, doutorou-se na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro, em 1899. Ali ingressou como professor interino de Clínica Ginecológica e Obstétrica, em 1900-1901; livre docente de Obstetrícia, de 1901 a 1910; professor de Clínica Obstétrica, de 1911 a 1915; diretor do Hospital da Maternidade do Rio de Janeiro, de 1915 a 1918; catedrático de Clínica Obstétrica, em 1922. Foi diretor da Faculdade de Medicina, em 1930; reitor da Universidade do Rio de Janeiro, em 1913. Além disso, teve atuação na política nacional, como deputado do Estado do Rio de Janeiro à Constituinte em 1934 e pelo Distrito Federal ao Congresso Nacional em 1937.
Foi o fundador da Pró-Matre, entidade beneficente que ele dirigiu por muitos anos, com altruísmo, enlevo e dedicação. Exerceu a presidência da Academia Brasileira de Letras (em 1929, 1931 e 1932), era membro da Academia Nacional de Medicina, do Conselho Nacional de Ensino; da Sociedade de Medicina e Cirurgia; do Instituto Histórico Geográfico Brasileiro; da Liga de Defesa Nacional, da Academia das Ciências de Lisboa; da Société Obstétrique de Paris e de inúmeras outras associações médicas, nacionais e estrangeiras. Doutor Honoris Causa das universidades de Coimbra e de Lisboa; e prêmios Alvarenga e Madame Durocher da Academia Nacional de Medicina.
Deixou uma vasta obra médica, da qual se destacam os seis volumes de Clínica obstétrica, as Lições de clínica obstétrica, A obstetrícia no Brasil, Síntese obstétrica e Obstétrica forense, e mais de 200 trabalhos esparsos sobre assuntos médicos. Foi orador acadêmico, orador político, orador de pequenos ambientes e da praça pública.
Outras obras: Discursos e conferências, 4 vols.; O centenário da Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro (1932); Na Constituinte de 34 (1934); Cartilha da probidade (1936).

Biografias Relacionadas


- Deolindo Augusto De Nunes Couto

Médico neurologista e ensaísta brasileiro nascido em Teresina, Estado do Piauí, cuja maior realização foi a criação do Instituto de Neurologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ, que depois (1972) passou a ter seu nome. Filho de Henrique...

- Miguel De Oliveira Couto

Médico sanitarista brasileiro nascido na cidade do Rio de Janeiro cidade onde também morreu, que dedicou parte de sua vida profissional à melhoria das condições de saúde popular, pela pesquisa e divulgação dos princípios de higiene. Era filho de Francisco...

- Ivo Hélcio Jardim De Campos Pitanguy

Cirurgião plástico brasileiro nascido em Belo Horizonte, MG, uma referência internacional sobre este tipo de cirurgia. Estudou na Faculdade de Medicina de Belo Horizonte e graduou-se na Faculdade Nacional de Medicina (1945), Rio de Janeiro, RJ. Pós-graduado...

- Antônio Austregésilo

Antônio Austregésilo (A. A. Rodrigues Lima), médico, professor e ensaísta, nasceu em Recife, PE, em 21 de abril de 1876, e faleceu no Rio de Janeiro, RJ, em 23 de dezembro de 1960. Eleito em 29 de agosto de 1914 para a Cadeira n. 30, na sucessão de Heráclito...

- Miguel Da Silva Pereira

Médico sanitarista brasileiro do Rio de Janeiro, autor da famosa afirmação de que o Brasil é ainda um imenso hospital, que provocou grande polêmica e originou sua campanha sanitarista. Estudou no Colégio Pedro II e na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro....