Netsaber » Biografias

YONÁ MAGALHÃES

(Atriz)
1935-


Yoná Magalhães nasceu no Rio de Janeiro , em 7 de agosto de 1935. Começou bem jovem em televisão, mas apesar de algumas mudanças de emissora, pode s-e dizer que ela é essencialmente “global”. Apareceu em 1955 em “As Professoras” e um pouco depois em “Trágica Mentira”. Fez um filme importante: “Deus e o Diabo na Terra do Sol”. Mas foi em “Sheik de Agadir”, da TV Globo, que nasceu a estrela. Nessa novela fazia par com Henrique Martins. Mas depois fez par constante com Carlos Alberto e eles formaram a dupla preferida da novelista Glória Magadan. Eles fizeram: “Eu Compro essa Mulher”; “A Sombra de Rebeca”; “Demian, o Justiceiro”. Sozinha ela apareceu em: “A Gata de Vison”, mas voltou a trabalhar com Carlos Alberto em “A Ponte dos Suspiros”. Então ela se transferiu para a TUPI de São Paulo e, na TV TUPI fez “Simplesmente
Maria”, em 1970. Levou apenas 2 anos para voltar à Globo, onde apareceu em novelas de sucesso, como: “Uma Rosa Com Amor”; “Semideus”; “Corrida do Ouro”; “Cuca Legal”; “O Grito”; “Saramandaia”; “Espelho Mágico”; “Sinal de Alerta”. Novamente foi para as emissoras de São Paulo. Na TV TUPI fez “Gaivotas”. Na TV Bandeirantes fez: “Cavalo Amarelo”; “Os Imigrantes”; “Maçã do Amor”. Mais uma vez voltou a Rede Globo. Os sucessos foram se sucedendo . Fez “Amor com Amor se Paga”; “Roque Santeiro”; “Grande Sertão: Veredas”; “O Outro”; “Vida Nova”; “Tieta”; “Meu Bem, Meu Mal”; “Despedida de Solteiro”; “Sonho Meu”; “A Próxima Vítima”; “Anjo de Mim”; “Era uma Vez”; “Vila Madalena”; “A Padroeira”; “As Filhas da Mãe”; “Agora é que São Elas” e “Senhora do Destino” (2005). Mulher de grande beleza e senso de profissionalismo, Ioná Magalhães é ainda uma bonita figura, na tela da televisão.

Biografias Relacionadas


- Bruna Lombardi

- Wanda Stefania

- Walter NegrÃo

- Edson Celulari

- Eduardo Abbas