Netsaber » Biografias

Oliver Cromwell

(Histórico político britânico )
1599 - 1658


Histórico político britânico nascido em Huntingdon, leste da Inglaterra, caracterizado por disseminar e fortificar uma atitude mental puritana na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, e de grande influência na vida política e social até o século XX. Pequeno proprietário de terras e calvinista puritano e fortemente anticatólico, movido por uma fé inabalável, combinada com um profundo conhecimento da Bíblia, chegou a julgar-se o instrumento de Deus na terra. Eleito membro do Parlamento (1628), distinguiu-se pela veemência na defesa do puritanismo e por ataques à hierarquia da igreja na Inglaterra. Tornou-se representante de Cambridge (1640) no novo Parlamento e uniu-se à ala radical que atacava duramente a política do rei Carlos I. Quando começou a guerra civil que opôs os partidários do rei aos do Parlamento (1642), tornou-se conhecido também como homem de extraordinários dotes de organização e comando. Após organizar o Exército (1645), conduz sua tropa à vitória, triunfando em Naseby e em Langport. Com a derrota definitiva e execução de Carlos I (1649), estabeleceu à proclamação da república (Commonwealth). Com a derrota dos realistas escoceses (1651), a guerra civil terminou. Descontente com o Parlamento, dissolveu-o (1653). Rebelde, porém dotado de excepcional competência militar, após dissolver o Parlamento, foi nomeado Lord Protetor da Inglaterra, da Irlanda e da Escócia, partilhando o poder com um conselho tutelar. O poder ficou então em suas mãos e na de seu exército. Apoiou o Partido Puritano contra a arbitrariedade monárquica e contra o episcopado anglicano. Durante seu governo (1653-1658) tornou a Grã Bretanha numa grande potência naval e o prestígio internacional da Inglaterra cresceu assustadoramente. Reorganizou a fazenda pública, fomentou a liberalização do comércio, reformou a igreja nacional segundo princípios de tolerância, embora perseguisse os católicos, e promoveu o desenvolvimento das universidades. Na política externa, o destaque maior foi a aliança que estabeleceu com a França contra a Espanha, da qual arrebatou a ilha da Jamaica (1655). Sob seu governo, a Inglaterra assumiu a liderança dos países protestantes europeus. Morreu em Londres e foi enterrado na Abadia de Westminster e seus restos mortais foram transferidos para Tiburny (1660). Embora não tenha erguido sua espada até os 43 anos de idade, seu nome figura atualmente entre os grandes estadistas da História. Seu filho Richard, nascido em Huntingdon (1626) e morto em Chesnut (1712), o sucedeu (1658), mas foi incapaz de impedir o confronto entre o Exército e o Parlamento. Renunciou ao cargo de lorde protetor em maio do ano subseqüente, passando os próximos 20 no exílio.

Biografias Relacionadas


- Gustav Heinemann

Advogado, durante a república de Weimar filiou-se ao Partido Democrático Alemão (DDP). Entre 1930 e 1933 participou ativamente do movimento cristão e social e, após a Segunda Guerra Mundial, da reconstrução da Igreja Evangélica da Alemanha (EKD). Foi...

- Francisco Ii

Rei da França da dinastia de Valois (1559-1560) nascido em Fontainebleau, que como rei adolescente governou sob a regência da mãe, Catarina de Médicis (1519-1589). Segundo filho varão de Henrique II, rei da França, e da florentina Catarina de Medicis,...

- Karl Liebknecht

Filho de Wilhelm Liebknecht, advogado, fundou o SPD (Partido Social-Democrata). Em 1908, tornou-se membro da Câmara de Representantes da Prússia e do Parlamento alemão, em 1912, dirigindo, com Rosa Luxemburgo, a esquerda do SPD. Antimilitarista radical,...

- Thomas Hobbes

Nasceu em Westport, Inglaterra, a 5 de Abril de 1588, e morreu Hardwick Hall em 4 de Dezembro de 1679. Nascido no ano da Invencível Armada, nasceu prematuramente devido à ansiedade da mãe, segundo ele próprio defendeu. O pai de Hobbes, um clérigo...

- Eamon De Valera

Eamon é considerado o político irlandês mais importante do século XX. A partir de 1913, militou ativamente no movimento para a independência da Irlanda. Foi condenado à morte pela sua participação na Insurreição da Páscoa de 1916, mas, mais tarde, foi-lhe...