Netsaber » Biografias

Matilde Petra Montoya

(A primeira médica mexicana )
1859 - 1938


A primeira médica mexicana nascida em Ciudad de México, Distrito Federal, a primeira médica formada no México (1887). Filha do comandante José Maria Montoya e de Soledad Lafraga, desde criança se destacou pela vontade de estudar e terminou os estudos básicos com apenas 12 anos e teve que esperar até os 16 para ser admitida no grau seguinte. Sua mãe a incentivou a estudar medicina, na área de obstetrícia porque, naquele tempo, ser parteira era uma atividade corriqueira entre as mulheres, mas estas eram proibidas de estudarem para ser médicas. Ingressou na Escuela Nacional de Medicina (1870) e recebeu o titulo de parteira (1873). Foi morar em Cuernavaca, Estado de Morelos, mas por motivos de saúde fixou-se em Puebla (1875) onde passou a exercer o ofício de parteira e alcançou enorme prestigio e clientela, e causando invejas, desafortunadamente depois de sofrer calúnias, resolveu se radicar no estado de Veracruz, onde seus amigos a incentivaram a voltar a estudar. Depois de muita luta, conseguiu matricula para continuar seus estudos e recomeçou seus estudos em medicina na Escuela de Puebla e depois seguiu para a a Escuela de Medicina da Universidad Nacional de México. Passou em todos os testes requeridos pela Escuela Nacional Preparatoria, em aritmética, álgebra, geometria plana, espanhol, latim, grego, francês e geografia, e apesar das fortes pressões por parte da classe médica e do clero para não insistir em se tornar cirurgiã, não desistiu e, finalmente aos 28 anos, tornou-se a primeira médica diplomada no México, após apresentar seu exame profissional no Hospital San Andrés, expondo uma tese em microbiologia, Técnicas de laboratorio en algunas investigaciones clínicas. A carreira médica estava então, finalmente, aberta para as mexicanas, que começavam a aparecer nas escolas de medicina. Exerceu a maior parte de sua vida profissional entre as cidades de Morelos e Puebla e chegou a cuidar de um presidente do país, Porfírio Diaz (1830-1915). Com sérios problemas de saúde deixou suas atividades cirúrgicas (1926) e aposentou-se da atividade médica (1932). Morreu na Ciudad de México depois de se dedicar a medicina por mais de meio século, aos 79 anos de idade. Em sua memória a Academia Nacional da Mulher, do México, criou um prêmio que leva seu nome e é outorgado às médicas de destaque no país.

Biografias Relacionadas


- Amélia Dos Santos Costa Cardia

Amélia dos Santos Costa Cardia, uma das primeiras médicas portuguesas e escritora, nasceu em Lisboa, filha da parteira diplomada Justa Matilde de Carvalho e Costa e irmã da parteira da família real, Alice Cardia. Estudou num colégio interna e casou nova....

- Rita Lobato Velho Lopes

Médica, feminista e política brasileira nascida em São Pedro do Rio Grande, então província do Rio Grande do Sul, a primeira brasileira a obter um diploma regular de medicina e a terceira sul-americana a formar-se em Medicina. Filha de um casal de estrangeiros,...

- Emily Blackwell

Médica e educadora inglesa nascida em Bristol, uma das primeiras médicas britânicas e responsável pela aceitação das mulheres exercendo a medicina profissional nos Estados Unidos. Formada em medicina na Western Reserve University, hoje Case Western Reserve...

- Harriot Kesia Hunt

Médica e feminista estadunidense nascida em Boston, Massachusetts, primeira mulher norte-americana a praticar medicina, exercendo a profissão por mais de 20 anos em Boston, nos Estados Unidos da América. Tentou ingressar em Harvard e surpreendentemente...

- Paulina Luise

Cirurgiã, pacifista, sindicalista e feminista uruguaia nascida em Colón, na província de Entre Ríos, Argentina, a primeira médica uruguaia formada (1808) pela Faculdade de Medicina e Cirurgia de Montevidéu. A primeira dos oito filhos de imigrantes (1872),...