Netsaber » Biografias

Maria Ricardina, a Diná Lopes Coelho

(Artista brasileira )
? - 2003


Artista brasileira nascida em São Paulo, que ficou para sempre ligada ao desenvolvimento das artes plásticas no Brasil. Casou-se inicialmente com o jurista Canuto Mendes de Almeida (1906-1990), mas deixou-o para viver com o escritor paulista autor de A Idéia de Matar Belina, Luis Lopes Coelho (1911-1975), sem se incomodar que em sua época desquites e separações, ainda eram acontecimentos altamente escandalosos. Em meados do século XX, quando Francisco Ciccilo Matarazzo Sobrinho (1898-1977) criou a Fundação de Arte Moderna (1948) e o Museu de Arte Moderna de São Paulo (1949) e fundou no Brasil a Bienal das Artes, tornou-se seu braço direito, organizando essa grande exposição internacional de arte. No pavilhão da Bienal ela podia ser vista circulando de patins, para facilitar a locomoção. Tornou-se, dessa forma, uma figura super importante no mundo das artes plásticas e foi secretária geral do Museu de Arte Moderna (1969-1982), período em que criou o Panorama de Arte Atual Brasileira (1972), uma exposição que passou a reunir anualmente o que o Brasil tem de melhor em artes plásticas. O Panorama traçaria a produção artística dos anos seguintes no Brasil, cujos prêmios, aquisitivos, engordariam a coleção, tornou-se uma bem sucedida forma de adquirir obras para o acervo com doações de artistas. Essa mostra tornou-se a mais tradicional e a que mais se aproxima da missão do museu: colecionar, preservar e divulgar a arte brasileira moderna e contemporânea. Ao logo dos anos, o acervo foi enriquecido com a doação de importantes coleções, como a do jornal O Estado de S. Paulo, a Coleção Paulo Figueiredo, a Coleção Kodak do Brasil, a Coleção Clube de Colecionadores da Gravura do MAM, entre outras. No fim dos anos oitenta ela decidiu que não queria mais ser vista, pois estava velha demais e refugiou-se em um exílio voluntário e morreu em São Paulo, SP.

Biografias Relacionadas


- Franz Weissmann

Escultor neoconcretista nascido em Knittefeld, na Áustria, e radicado no Brasil desde os 10 anos de idade, conhecido como o Escultor do vazio, que viveu a história da arte brasileira do século XX. Chegou com seus pais ao Brasil (1921), morou no interior...

- Marcos Concílio

Paulistano, participou da XIII Bienal de São Paulo; imagens do Brasil/Bruxelas (1973); The Brazilian Landscapes/Toronto (1975); panorama Arte atual brasileira/MAM (1977); IV Salão Paulista de Arte Contemporânea onde foi premiado em 1974. Assina Marcos...

- Aldo Cláudio Felipe Bonadei

Aldo Cláudio Felipe Bonadei (São Paulo SP 1906 - idem 1974). De 1923 a 1928, período em é aluno de Pedro Alexandrino e freqüentador do ateliê do pintor italiano Antonio Rocco. Cursa desenho e artes no Liceu de Artes e Ofícios de São Paulo, em 1925.No...

- Arcângelo Ianelli

Nasce em São Paulo, em 1922. Primeiros estudos de arte nos anos 40, com Colette Pujol e Waldemar da Costa. De 1944 a 1947, dedica-se ao mural e à técnica do afresco. Conquistou, entre outros prêmios, o de viagem à Europa no Salão Nacional de Arte Moderna...

- Guilherme De Faria

Desenhista, Guilherme começa sua carreira participando da I Exposição Jovem Desenho Nacional, no Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (1965). Em 1967, figura na IX Bienal de São Paulo. Participa do Panorama de Arte Brasileira, no Museu...